O goleiro Alisson estaria na mira de Real Madrid, Liverpool e Paris Saint-Germain. Segundo o jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", o clube da capital já recebeu sondagens pelo ex-jogador do Internacional, mas descarta qualquer negociação nesta janela de transferências. Em entrevista ao canal "Sky", o próprio Alisson afirmou que as conversas só devem acontecer no final da temporada.

- Talvez falemos sobre isso (em junho), mas agora minha cabeça está na Roma - disse.

A "Gazzetta" afirma que as chances de Alisson trocar o time italiano por algum outro europeu no momento são remotas, pois o brasileiro não estaria disposto a arriscar seu lugar na Seleção para a Copa. O contrato atual do goleiro é válido até 2021 e, segundo o jornal, a diretoria ainda não sentou com o atleta para falar de renovação.

Sobre o valor de Alisson no mercado, a "Gazzetta" lembra que Ederson, seu reserva no time de Tite, trocou o Benfica pelo Manchester City por 40 milhões de euros. Assim, o ex-jogador do Inter não sairia da Roma por menos de 50 milhões de euros. Na entrevista ao "Sky", Alisson mostrou-se orgulhoso ao ser questionado sobre o interesse de PSG e Real na sua contratação:

- Estou feliz na Roma. É sempre bom saber que outros clubes estão procurando por você, olhando para você. Mas penso só na Roma e eu quero fazer o melhor aqui. Deus conhece o futuro.


Globoesporte