Jurgen Klopp admitiu que, apesar de ter sido frustrante, o Liverpool não conseguiu conquistar a vitória no empate em 2 a 2 com o Sevilla, mesmo criando diversas oportunidades para tal.

O Liverpool somou 24 finalizações contra os adversários de La Liga, em comparação com os cinco do Sevilla,  mas não conseguiu encontrar o terceiro gol definitivo depois que Roberto Firmino e Mo Salah viraram o placar, aberto por Wissam Ben Yedder.

"Não tenho certeza se estou frustrado", disse Klopp. "Estou feliz por uma grande parte do jogo. Tentamos ignorar o resultado do último fim de semana, mas somos seres humanos e isso afeta a confiança, mas estávamos realmente focalizados desde o primeiro segundo.

"Você tem que continuar, e há muito neste jogo que conseguimos construir. Se você finalizar assim com freqüência e não marcar, então vai ser um problema. Normalmente, em um jogo como este, você irá marcar.

"[O] mais importante no futebol é criar chances e nós fizemos isso. Trabalhamos nisso, como trabalhamos em todas as partes do nosso jogo.

"Poderíamos ter marcado? Sim, mas não o fizemos. Nós sabemos que temos que melhorar isso, mas não é uma doença que você pode mudar. Vamos trabalhar nisso, como trabalhamos em outras partes do nosso jogo, com certeza ".

"Tenho todo o respeito pelo Sevilla, eles nunca desistiram. Tivemos mais chances. Mesmo contra uma equipe bem organizada. Nós não as usamos, essa é a verdade.

"Até eles marcarem, nós controlamos o jogo, e isso é maduro e é algo muito importante.

"Alguns jogadores não conseguiram manter seu nível desde o primeiro tempo, não era uma coisa física, mais uma coisa de concentração. Estamos em um processo e é meu trabalho falar sobre isso e encontrar uma solução ".

O treinador adversário, Eduardo Berizzo, foi expulso por jogar a bola no segundo tempo, e Klopp mostrou-se chocado com o treinador de Sevilha no final do jogo.

"Eu não fiquei feliz com ele jogando a bola, mas agora estamos bem", acrescentou Klopp. "Eles me convidaram para o vestiário e conversamos sobre isso.

"Ele queria explicar a situação sobre o seu cartão vermelho. Houve um monte de sorriso e nenhum problema".