Jurgen Klopp fez cinco alterações na equipe que enfrentou o Sevilha na semana, com Daniel Sturridge e Alex Oxlade-Chamberlain substituindo surpreendentemente Sadio Mane e Roberto Firmino no ataque. Com o duelo no Anfield Road, neste sábado, terminando em 1 a 1 e com nova oportunidade dos Reds desperdiçada.  O time de Klopp não atuou bem.

O resultado manteve os rivais no topo do Campeonato Inglês, mas longe de ameçar o líder (Manchester City), que tem 34 pontos. O Chelsea tem 26 pontos e é o terceiro colocado, já o Liverpool tem 23 e é o quinto, na zona de classificação para a Liga Europa.

A primeira metade foi um espetáculo quase silencioso, um espetáculo de cinco minutos que viu Simon Mignolet entrar em ação três vezes, salvando as finalizações de Eden Hazard, depois Danny Drinkwater e Davide Zappacosta.

A melhor chance do Liverpool chegou apenas no final da primeira etapa e viu Mohamed Salah quase marcar em ótima jogada individual. Foi uma réplica da finalização frente o Southampton há uma semana, mas foi para fora.

O gol do Liverpool foi aos 20 minutos do segundo tempo, quando Salah recebeu bola dentro da área e chutou na saída do goleiro Courtois. Não comemorou o tento da vitória do Liverpool. Não se sabe em respeito ao ex-clube ou em razão do atentado a uma mesquita no Egito, que deixou mais de 300 mortos neste sábado.

Neste sábado, contra o Chelsea, Salah chegou a 20 jogos e 15 gols em quatro meses de Liverpool.

Willian empatou o confronto para o Chelsea aos 42 minutos da etapa final. O meia brasileiro invadiu a área pela direita, tentou fazer o cruzamento, mas acabou acertando um chute por cobertura, em uma possível falha de Mignolet, que se faça justiça, salvou da derrota na primeira etapa.

O Liverpool estará de volta a campo na próxima quarta-feira, quando jogará com o Stoke City, fora de casa. 

Gols

Salah 65′ (assist: Oxlade-Chamberlain)
Willian 86′

LIVERPOOL 1x1 CHELSEA

Liverpool: Mignolet, Gomez, Matip, Klavan, Moreno, Oxlade-Chamberlain (Mane), Henderson, Milner, Salah, Sturridge (Wijnaldum), Coutinho (Lallana).

Chelsea: Courtois, Azpilicueta, Christensen, Cahill, Zappacosta, Drinkwater, Kante, Bakayoko, Alonso, Hazard, Morata.