O treinador do Monaco Leonardo Jardim admitiu que o clube talvez seja forçado a deixar Lemar ir embora: “Números hoje são incrivelmente grandes" disse Leonardo.

Liverpool e Arsenal demonstraram interesse no atleta Francês e esperam contratá-lo ainda em janeiro.

O Mônaco, que perdeu todos seus destaques na janela de verão está desesperado para segurar Lemar, em meio a uma crescente pressão.

O clube francês avalia o jogador em 61 milhões, mas de acordo com o RMC sports, podem estar dispostos a abaixar o preço e deixar o jogador de 22 anos ir embora.

Questionado sobre a possibilidade de deixar Lemar ir, Jardim declarou: “Hoje o mercado está aberto. você sabe quão louco é o mercado”.

“Coisas acontecem que mesmo um clube como o Mônaco não consegue dizer não. Aconteceu com o Liverpool(Coutinho). As coisas são do jeito que são.”

“Os números hoje em dia são incrivelmente altos. Tudo pode mudar. Coisas que eu posso dizer hoje, talvez não sejam verdade amanhã”, finalizou Jardim.

“Se eu ficar aqui por 10 anos, eu quero Lemar comigo por 10 anos. Ele é jovem, ele ainda pode jogar por 10 anos. Lemar tem muitas qualidades, gosto bastante dele.”

O Liverpool está empenhado em reforçar seu elenco após perder Philippe Coutinho para o Barcelona. E o dinheiro que o clube arrecadou com o brasileiro é um forte trunfo do time de Klopp no mercado.

Os Gunners provavelmente intensificarão o seu interesse no francês se Sanchez sair em Janeiro, com ambos os clubes de Manchester interessados no chileno, é provável que o Liverpool tenha um forte concorrente na contratação de Lemar.

Traduzido por Yan Gomes / Contato twitter: @yanggomes - fonte: Daily Mirror