Texto por Colaborador: Redação 31/01/2024 - 00:10

Jamie Carragher descartou a teoria de que o sucesso do Liverpool nos últimos nove anos se deveu ao trabalho do ex-diretor esportivo Michael Edwards – e insistiu que o histórico de Jurgen Klopp no Borussia Dortmund e no Mainz 05 falam por si.

Os Reds estão se preparando para mais um verão de transição em Anfield após o anúncio bombástico na sexta-feira passada de que Klopp e sua equipe de bastidores formada por Pep Lijnders, Vitor Matos e Peter Krawietz deixariam o clube no final da temporada. Também anunciado na semana passada, o cargo de Jorg Schmadtke como diretor esportivo interino terminaria no final do mês.

Na terça-feira, foi relatado pelo The Athletic que o presidente do Fenway Sports Group, Mike Gordon, abordou Edwards sobre a possibilidade de retornar a Anfield ou assumir um cargo sênior nas fileiras do FSG. No entanto, diz-se que Edwards, que deixou o clube no final da temporada 2021/22, rejeitou a oferta.

Respondendo a um tweet que sugeria que Klopp e Lijnders foram responsáveis pela saída de Edwards há quase dois anos, Carragher, que fez mais de 700 partidas pelos Reds, argumentou que a ideia de que Edwards foi mais importante no sucesso do Liverpool na conquista de troféus de 2015 em diante é " louco".

“Tenho certeza de que isso é verdade, mas a ideia de algumas pessoas de que Edwards e companhia são mais ou igualmente responsáveis pelo sucesso do Liverpool do que Klopp é uma loucura!” disse Carragher. "Klopp tem sido um grande sucesso em todos os clubes em que esteve, Edwards tem sido fantástico num deles, ao lado de Klopp."

Nos dias desde que a saída de Schmadtke foi anunciada, Richard Hughes, Tiago Pinto, Tim Steidten e Sven Mislintat foram todos associados ao cargo que logo ficará vago em Anfield.

Categorias

Ver todas categorias

Rúben Amorim é o nome certo para substituir Klopp?

Sim

Votar

Não

Votar

69 pessoas já votaram