Texto por Colaborador: Redação 02/04/2024 - 16:45

O Liverpool vem tendo uma temporada inesperadamente brilhante durante a última passagem de Jurgen Klopp no comando. Os Reds foram péssimos no ano passado, terminando em quinto lugar na Premier League e perdendo a Liga dos Campeões. Era necessária uma grande reconstrução no verão e, como resultado, não se esperava muito do Liverpool em 2023/24.

Sob a orientação especializada de Klopp, porém, os Reds voltaram a rugir. Auxiliado por excelentes negócios na pré-temporada, o Liverpool volta a brigar pelo título. No mínimo, eles já somaram à sua extensa história de troféus, conquistando a Carabao Cup em fevereiro. Tudo isso com grande parte do elenco titular fora lesionado também.

Claro, a sombra que paira sobre os últimos nove jogos dos Reds é que esses serão os últimos de Klopp como técnico do Liverpool. Mas, de acordo com o ex-atacante do Crystal Palace, Glenn Murray, isso pode não ser realmente uma sombra, afinal.

Não há dúvida de que o Liverpool vai sentir muita falta de Klopp quando ele se for. Muitos mal se lembram de como o Liverpool parecia sem o alemão. Dito isso, porém, parece que a iminente saída de seu chefe deu um impulso a todos os membros da equipe de Klopp. Eles estão desesperados para mandar Jurgen embora da melhor maneira possível.

Se o comandante de 56 anos tivesse mantido sua saída neste verão em segredo até o último momento, isso poderia não ter acontecido. Assim, como Murray disse ao The Kelly and Wrighty Show, a decisão de Klopp de anunciar sua saída em janeiro deve ser vista como uma peça "genial" da gestão.

"Acho que ele fez um trabalho excepcional", elogiou o comentarista. "Ele anunciando sua saída quando o fez acabou de dar um pouquinho a mais. Todo mundo quer mandá-lo para o alto. Acho que é uma gestão genial de Jurgen Klopp." (Via rousingthekop)

Categorias

Ver todas categorias

Rúben Amorim é o nome certo para substituir Klopp?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram