Texto por Colaborador: Redação 28/02/2024 - 00:20

Philippe Coutinho diz que não se arrepende da sua transferência de destaque do Liverpool para o Barcelona - apesar de problemas de lesão terem prejudicado a sua carreira.

O ex-craque dos Reds mudou de £ 146 milhões para os gigantes da La Liga em 2018, onde venceu a La Liga duas vezes e venceu o campeonato espanhol. Coutinho rapidamente se estabeleceu como um jogador-chave e favorito em Anfield até sua saída em 2018.

A saída do brasileiro financiou as transferências de Virgil van Dijk e Alisson Becker para Jurgen Klopp, com sua equipe experimentando a glória nacional, europeia e global nos anos seguintes. A transferência de Coutinho ocorreu num momento promissor para os Reds, num período em que o meio-campista foi uma das principais fontes de produção ofensiva ao lado de Mohamed Salah, Roberto Firmino e Sadio Mane.

Nos meses que antecederam sua saída, em janeiro, o Liverpool enfrentou especulações sobre seu futuro. Houve interesse em Coutinho, mas Klopp rejeitou as reportagens, citando que o ex-talento do Inter de Milão não estava à venda no verão de 2017.

Em 2017, Klopp avisou: “Fique aqui e acabarão construindo uma estátua em sua homenagem. Vá para outro lugar, para o Barcelona, para o Bayern de Munique, para o Real Madrid, e você será apenas mais um jogador."

A carreira de Coutinho desde que deixou o Liverpool teve algum sucesso, mas as lesões dificultaram o seu progresso. Ele deixaria o Camp Nou em 2022, após períodos de empréstimo ao Bayern de Munique e ao Aston Villa, juntando-se ao ex-capitão do Liverpool, Steven Gerrard , no Villa Park em caráter permanente.

Mas sua passagem por Midlands chegou ao fim depois de um ano sob o comando de Unai Emery, e o jogador de 31 anos agora atua na Qatar Stars League com o Al-Duhail, após assinar por empréstimo. Muitos sugeriram que os comentários de Klopp em 2017 se tornaram mais relevantes à medida que as dificuldades de Coutinho continuaram, mas o brasileiro insiste que não se arrepende seis anos depois de sua saída de Anfield.

“Não”, disse Coutinho. “Em nenhum momento [ele se arrepende]. As coisas não saíram como eu imaginava, como as pessoas esperavam, como eu esperava porque sou o primeiro a me exigir em campo, digo a mim mesmo que tenho que dar mais em campo, tentei de tudo, sempre fui muito profissional e não me arrependo de nada.

“Sempre foi meu sonho jogar pelo Barça e fui lá, gostei, pude conhecer muita gente, ganhar títulos e isso estará sempre na história da minha vida.

"Nada. Eu não mudaria nada. Voltar atrás é impossível, mas como disse não me arrependo de nada, sempre dei o meu melhor nos treinos como faço aqui e como fiz no ano passado e como farei no próximo ano. Se as coisas se encaixarem bem, ótimo e se não, paciência."

Categorias

Ver todas categorias

Rúben Amorim é o nome certo para substituir Klopp?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram