Texto por Colaborador: Redação 14/04/2024 - 15:15

Andy Robertson refletiu sobre um dia extremamente frustrante depois que o Liverpool foi derrotado por 1 a 0 pelo Crystal Palace na Premier League.

Os Reds perderam terreno na corrida pelo título em Anfield, neste domingo, pois, após um gol de Eberechi Eze para os visitantes, a equipe da casa não conseguiu concretizar nenhuma das oportunidades criadas.

Leia a reação pós-jogo de Robertson com Liverpoolfc.com abaixo…

Em um dia e uma semana angustiantes…

Sim, você pode dizer isso de novo. Extremamente decepcionante, extremamente frustrante. No primeiro tempo não jogamos nem perto de onde podemos jogar. Acho que o Crystal Palace provavelmente sofreu muito ao não vencer por 2 a 0, pelo menos. Na segunda parte estivemos melhores, mas não fomos eficazes na frente do gol e essa tem sido a história dos jogos recentes. E se você não for clínico na frente do gol, você não ganha jogos, simples assim. Tivemos seis ou sete chances claras entre seis e oito jardas [de saída] e se você não acertar a rede, você nunca vai ganhar jogos. E infelizmente não conseguimos isso. É por isso que estamos aqui falando de derrota. Sim, extremamente frustrante.

Sobre não ser capaz de produzir outro retorno…

Também falamos sobre isso e dissemos que não podemos continuar confiando em nossas reviravoltas. Não podemos, é impossível. Você não pode continuar fazendo isso temporada após temporada, jogo após jogo após jogo. Tem que chegar na frente, marcar o primeiro gol, estar por cima, ir atrás. E não conseguimos isso. Mais uma vez, um início lento, o Palace aproveitou isso, poderia ter vencido facilmente por 2-0. Aí no segundo tempo, ok, você começa a reagir e tenta criar chances, o que fizemos. Se você não acertar no fundo da rede, com a quantidade de chances que tivemos, é muito frustrante. Obviamente que todos nós que estamos na frente da baliza não estamos propriamente numa boa fase e não estamos a sofrer golos, por isso os resultados nunca serão a nosso favor.

Sobre os jogadores terem que continuar lutando agora…

Sim, claro que iremos. Ainda temos seis jogos da Premier League, temos um jogo da [Liga Europa] na quinta-feira que vamos rever e tentar tudo o que tivermos. Este grupo de rapazes nunca vai parar de lutar. É extremamente frustrante estar na posição que estamos agora, sendo terceiro e agora contando com duas equipes perdendo pontos. A esta hora, na semana passada, não deveríamos estar nessa posição. É daí que vem a frustração. Mas é onde estamos, é o que é. Precisamos ser perfeitos daqui em diante, isso é certo. Não podemos perder mais pontos e vamos ver o que as outras duas equipes fazem.

É simplesmente frustrante e agora dependemos de outras pessoas. Poderíamos dizer que estava em nossas mãos, mas ainda havia um longo caminho a percorrer. Posição extremamente frustrante de se estar. Mas neste clube não paramos de lutar – temos que lutar nas arquibancadas, lutar em campo nos últimos seis jogos da Premier League. Vamos ver aonde isso nos leva. Temos que permanecer positivos. Temos que pegar todo mundo no vestiário porque tem muita gente que está deprimida, seja por ter perdido uma chance, por ter dado a bola ou o que quer que seja. Recolhemos, voltamos na quinta e damos tudo o que temos.

 

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova o nome de Slot para comandar o Liverpool no lugar de Klopp?

Sim

Votar

Não

Votar

1115 pessoas já votaram