Texto por Colaborador: 16/05/2022 -

Torcedores do Liverpool vaiaram o hino nacional do Reino Unido antes do início da final da FA Cup em Wembley. Eles também vaiaram o Príncipe William, que estava presente. Falando antes do jogo do Southampton, Jurgen Klopp disse que os torcedores do Liverpool tinham uma razão para fazê-lo.

"Conheço nosso povo tão bem que eles não fariam isso se não houvesse razão para isso", disse Klopp, conforme citado pelo The Telegraph.

"Eu não estou aqui [em Liverpool] tempo suficiente para entender a razão disso, é com certeza algo histórico, e essa é uma pergunta que você pode responder muito mais do que eu jamais poderia.

"Nossos fãs - e eu sabia que alguns fãs de outros clubes veem isso um pouco diferente - a maioria dos nossos torcedores são pessoas maravilhosas. Realmente inteligente, e todos esses tipos de coisas, eles entendem, eles passam por baixos, eles passam por altos, eles sofrem juntos todo esse tipo de coisas, eles não fariam isso se não houvesse uma razão.

"Isso é o que eu sei e talvez devêssemos fazer essas perguntas, mas é claro que eu percebo que não era algo que eu gostei ou o que seja, mas essa é a resposta."

A reação do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, veio logo após a coletiva de imprensa. Seu porta-voz disse que Klopp não estava certo em dizer isso, acrescentando que era uma "grande vergonha", considerando que a Fa Cup deveria "unir as pessoas". Os torcedores do Liverpool vaiaram Deus Salve a Rainha por um longo tempo. As raízes do assunto podem ser traçadas de volta às políticas econômicas de Margaret Thatcher nos anos 80 e ao encobrimento da responsabilidade policial pelo desastre de Hillsborough. (Via Tribuna.com)

Categorias

Ver todas categorias

O Liverpool tem chances reais de título da PL?

Sim

Votar

Não

Votar

6654 pessoas já votaram