Texto por Colaborador: Redação 07/03/2024 - 00:20

Com a expansão do Anfield Road Stand quase concluída, o diretor comercial do Liverpool disse que “consideraria” vender seus naming rights, além de revelar “conversas em andamento” com a Nike.

O novo Anfield Road Stand parece magnífico quando cheio e realmente contribui para a sensação especial criada em Anfield quando os Reds estão em campo.

Está quase um ano atrasado, mas agora está quase concluído e quase todas as vagas podem ser ocupadas em um dia de jogo.

Com a reforma, surgiu a inevitável dúvida de como o clube pode ganhar dinheiro com isso. Um grande tema de conversa tem sido se o clube estaria aberto a vender os naming rights do setor.

Em declarações a James Pearce, do Athletic, o diretor comercial do Liverpool, Ben Latty, revelou: “Debatemos e discutimos isso.

“Nada está fora de questão em relação a isso, é claro que consideraríamos isso.”

A receita gerada pela venda desses direitos poderia ser lucrativa. A Marca informa que o Barcelona ganhará cerca de £ 17 milhões por ano com o acordo para vender os direitos do nome do Camp Nou ao Spotify.

Enquanto isso, 90min relata que a empresa chinesa de TI Wanda paga ao Atlético de Madrid £ 8,4 milhões por ano para chamar seu estádio de Wanda Metropolitano, onde o Liverpool venceu a Liga dos Campeões de 2019.

O acordo do Liverpool provavelmente não seria tão grande assim, já que esses acordos são para estádios lotados. Além disso, Latty explicou como o “resultado mais provável” não é vender os naming rights de todo o estande.

Latty disse: “Acho que o maior potencial e o resultado mais provável em termos de comercialização do Anfield Road End será ter temas e áreas dele.

“Seja o naming rights de um lounge de hospitalidade ou um espaço de ativação dentro da fan zone, que terá capacidade para 2.500 torcedores antes do jogo. Esse tipo de coisa será mais interessante para os parceiros de primeira linha com quem estamos conversando.”

Não é a primeira vez que o tema dos direitos de nomeação surge. Em 2022, o CEO do Liverpool, Billy Hogan, disse ao Athletic: “Não diríamos não, mas não é algo que estamos perseguindo ativamente no momento”.

Embora muitos aceitem que ter o nome de um patrocinador no Anfield Road Stand é um sacrifício que faz parte do futebol moderno, muitos se oporiam a isso, embora não na mesma medida que renomear o próprio Anfield.

O Liverpool renomeou seu antigo campo de treinamento, Melwood, onde a seleção feminina agora treina, bem como sua nova base em Kirkby.

Ambos agora têm em seus nomes oficiais AXA, seguradora que também patrocina os kits de treino do Liverpool. As roupas do Liverpool são feitas pela Nike e a parceria vale pelo menos £ 30 milhões por temporada.

Quando questionado sobre a renovação dos acordos com a AXA e a Nike, Latty explicou: “Estamos tendo essas conversas com a AXA e esperamos poder chegar a um bom resultado.

“Quanto à Nike, dado o grande volume de uniformes que produzimos em todo o mundo e a distribuição relacionada a um negócio como esse, há um longo caminho que leva a esse tipo de negócio.

“Estamos tendo conversas contínuas com eles. Não posso quebrar qualquer confidencialidade em termos de para onde eles estão indo.”

Acredita-se que o atual contrato dos Reds com a Nike expire no final da próxima temporada.

 

Via this is anfield

Categorias

Ver todas categorias

Rúben Amorim é o nome certo para substituir Klopp?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram