Texto por Colaborador: Redação 18/05/2024 - 00:00

O Liverpool irá confirmar a nomeação de Arne Slot como seu novo treinador principal assim que a temporada da Premier League chegar ao fim. Mas parece que o holandês não foi a primeira escolha para substituir Jürgen Klopp.

O Feyenoord confirmou na sexta-feira que Slot partiria neste verão e o holandês sugeriu então que iria para Anfield. É o segredo mais mal guardado do futebol, tendo os dois clubes já acordado um pacote de indenizações.

A nomeação de Slot encerrará uma busca de quatro meses pelo sucessor de Klopp, com vários dirigentes vinculados ao cargo no Liverpool.

O ex-meio-campista dos Reds, Xabi Alonso, era o grande favorito, mas optou por permanecer no Bayer Leverkusen. Essa decisão parece ter sido justificada com a sua equipa à beira de ficar uma temporada inteira invicta, em todas as competições.

O técnico do Sporting CP, Rúben Amorim, emergiu então como um dos principais candidatos, depois de pontuar muito bem no departamento de dados do Liverpool, que elaborou uma lista de candidatos. Parecia que os portugueses seriam nomeados, mas a potencial mudança fracassou.

De acordo com o jornalista do SportBILD, Christian Falk, o Liverpool negociou uma taxa de compensação de US$ 13 milhões (£ 10 milhões/€ 12 milhões) com o Sporting para nomear Amorim. Houve incerteza sobre sua cláusula de rescisão, com alguns clubes tendo que pagar mais do que outros.

Falk disse ao CaughtOffside que os contratos estavam prontos para serem assinados para a nomeação de Amorim antes de uma reviravolta no último minuto do presidente do Sporting, Frederico Varandas, que de repente dobrou a taxa para US$ 25 milhões (£ 20 milhões/€ 23 milhões).

Alega-se que a decisão levou o Liverpool a encerrar o seu interesse, para grande decepção de Amorim. Mais tarde, ele voou para Inglaterra para conversações com o West Ham, mas admitiu que a decisão foi um erro e deverá permanecer no Sporting neste verão.

via https://www.liverpool.com/