O Brighton recuperou de uma desvantagem de dois gols para garantir um merecido ponto e negar a vitória do Liverpool em um jogo repleto de incidentes em Anfield.

O capitão Jordan Henderson disparou para os Reds a partir de 18 jardas, momentos depois de Alisson ter negado a Solly March na outra extremidade, após um passe de Leandro Trossard para dividir a defesa.

Yves Bissouma, que estreou desde 19 de setembro depois de se recuperar de uma lesão no joelho, teve um chute desviado para a trave, antes de Sadio Mane cabecear o Liverpool para uma vantagem de 2 a 0 após cruzamento de Alex Oxlade-Chamberlain, que ocupou a vaga do lesionado Naby Keita.

A recuperação do Brighton começou com o primeiro gol de Enock Mwepu na Premier League, uma tentativa impressionante de 25 jardas que enganou Alisson.

A equipe de Graham Potter foi impressionante e empatou quando Trossard marcou para casa após uma assistência do ex-jogador do Liverpool Adam Lallana.

Num jogo divertido, Mane e Mohamed Salah marcaram em ambos os lados do intervalo, mas ambas as tentativas foram eliminadas por bola não e impedimento, respectivamente.

Em um final tenso, o Brighton pensou que havia vencido quando Trossard marcou na frente do The Kop, mas foi descartado por impedimento.

Com um Firmino completamente inoperante, a etapa final assistiu um Klopp passivo frente uma equipe irreconhecível. No fim, o ponto ganho acabou sendo melhor para os Reds, que não mereciam muito mais do que isso.

FICHA

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Konate, Van Dijk, Robertson; Henderson, Keita (Oxlade-Chamberlain 20′), Jones (Minamino 87′); Salah, Mane, Firmino (Jota 78′)

Brighton: Sanchez; Veltman, Duffy, Dunk, Cucurella; Bissouma (Mac Allister 60′), Lallana (Gross 76′), Moder (Lamptey 66′), March; Trossard, Mwepu

GOLS

Henderson 4′ (assist – Salah) Mane 24′ (assist – Oxlade-Chamberlain) Mwepu 41′ Trossard 65′