Jamie Carragher saiu em apoio a Salah por divulgar seus sentimentos sobre a final da Liga dos Campeões e a chance de obter redenção para 2018.

“Gostei do fato de ele ser honesto sobre isso e também me faz perceber que ele estará tão determinado a vencer este jogo e isso me faz sentir bem como torcedor do Liverpool.

“Jogadores e dirigentes nunca gostam de falar sobre vingança. Eles não gostam de usar essa palavra na imprensa para construir ou talvez de alguma forma motivar a oposição, mas, na verdade, todos nós pensamos nisso! É algo que você simplesmente não diz.

“Então, eu realmente admirava Mo Salah por ser honesto em dizer: ‘Sim, prefiro jogar no Real Madrid e não no Man City porque o Man City é um time melhor e também porque tenho negócios inacabados’.

“Às vezes, você quer jogar bem, fazer demais, então espero que isso não se manifeste em termos de Mo dando chites estúpidos de ângulos bobos quando ele deveria estar jogando coletivamente. Ele faz isso de vez em quando.

“Acho que ele terá um grande papel a desempenhar no jogo. Ele não esteve no seu melhor na segunda metade da temporada. Acho que ele está ciente disso. Acho que você viu sinais de frustração dele em diferentes momentos. Mas não, acho que ele vai sentir que isso é redenção.”