O atacante do Liverpool, Divock Origi, admitiu que seria "doloroso" perder o título da Premier League por causa da pandemia de coronavírus.

Os Reds detêm uma vantagem de 25 pontos sob o segundo colocado Manchester City, com um jogo na mão, deixando-os a duas vitórias de uma primeira conquista da Liga em três décadas.

No entanto, a temporada foi interrompida desde o início de março devido à expansão do COVID-19, sem data de reinício ainda prevista.

Alguns pediram que 2019-20 seja declarado nulo e sem efeito, o que significa que o Liverpool perderia o primeiro lugar, e Origi diz que seria difícil de aceitar.

"Ainda não estamos no clube", disse ele ao The Mirror. "Está tudo muito claro aqui na Inglaterra. Nós nem treinamos em pequenos grupos.

"Seria doloroso se não conseguirmos esse título agora. Mas há coisas na vida que você não pode controlar. Segurança é a coisa mais importante agora."