Trent Alexander-Arnold marcou o gol da vitória nos acréscimos sobre o Aston Villa e encerrou uma série de seis derrotas consecutivas em Anfield.

Ollie Watkins - que marcou três gols na vitória de Villa por 7-2 no jogo do primeiro turno - disparou para os visitantes com um chute que passou por Alisson.

O empate foi negado ao Liverpool por uma decisão de impedimento do árbitro assistente de vídeo extremamente rígida. Roberto Firmino disparou à queima-roupa, mas uma longa revisão do VAR concluiu que Diogo Jota estava impedido.

O time acabou empatando quando Mohamed Salah cabeceou para o gol vazio depois que Emiliano Martinez defendeu um cruzamento de Andy Robertson.

Esse foi o primeiro gol em jogo aberto em Anfield desde 27 de dezembro - uma sequência de 765 minutos e 132 chutes desde que Sadio Mane marcou contra o West Brom. Eles marcaram um de pênalti em seu estádio nesse tempo.

O ainda Villa esteve perto da vitória quando o giro de Trezeguet acertou a trave.

Mas os Reds continuaram persistindo e Alexander-Arnold se recuperou da entrada da área, depois que Villa não conseguiu tirar a bola.

O Liverpool subiu para o quarto lugar, acima do West Ham no saldo de gols, com Villa permanecendo em 10º.

FICHA TÉCNICA

Liverpool: Alisson; Trent, Phillips, Kabak (Shaqiri 88′), Robertson; Fabinho, Milner, Wijnladum (Thiago 70′); Salah, Jota, Firmino (Mane 75′)

Aston Villa: Martinez; Cash, Konsa, Mings, Targett; Luiz, Nakamba (Barkley 66′), McGinn; Traore (El Ghazi 68′), Trezeguet (Ramsey 82′), Watkins

GOLS

Watkins 43′

Salah 57′ (assist: Robertson)

Alexander-Arnold 90+1