O carregado calendário das equipes nesta temporada, ao qual se juntam os jogos das seleções, trouxe Pep Guardiola a lançar novas críticas à UEFA e FIFA.

"Estão matando os jogadores, isto é demais. Não tivemos uma semana inteira de descanso desde o início da temporada. Os jogadores são humanos, não são máquinas, e é por essa razão que rodo seis/sete jogadores em todos os jogos. Tenho um plantel incrível mas quero toda a gente saudável. Alguns deles até querem jogar todos os dias, mas isso é impossível para tentares ganhar todas as competições em que estás. Quem não faz rotação não consegue ganhar todas nem estar na posição em que nós estamos. Numa temporada assim, sem público nas arquibancadas… Começámos mais tarde e vamos acabar mais cedo", atirou o catalão via A BOLA.