O técnico do Liverpool, Jurgen Klopp, não tem intenção de vender Divock Origi durante a janela de transferências de janeiro.

Origi fez apenas quatro partidas e seis jogos como substituto nesta temporada, resultado de ficar atrás de outros jogadores na hierarquia e por lesão.

Com menos de seis meses restantes em seu contrato, foi alegado que o internacional belga está atraindo um grande interesse em sua assinatura.

No entanto, Klopp não prevê se separar do atacante no meio da campanha, independentemente da possibilidade de Origi sair de graça no verão.

Falando ao site oficial do clube, Klopp disse: "Div ainda está lesionado e ainda em recuperação. Então ele não pode nos ajudar neste momento, mas não vejo nenhum tipo de cenário - praticamente tudo pode acontecer na vida - mas a partir deste momento eu diria que ele estará aqui.

"E espero que se encaixe em breve, porque podemos usá-lo muito bem agora."

Vários times da Premier League e da Série A estão monitorando a situação.