Jürgen Klopp abordou uma série de tópicos ao antever a primeira partida pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões do Liverpool com o Real Madrid. Os dois clubes se enfrentarão nesta terça-feira no Estádio Alfredo Di Stefano pela primeira vez desde a final de 2018, onde a equipe de Zinedine Zidane conquistou a vitória por 3-1.

Falando a repórteres da capital espanhola, Klopp enfatizou que muita coisa mudou desde aquele encontro em Kiev e passou a detalhar a motivação dos Reds para terminar a temporada 2020-21 em alta.

Klopp disse: 'Minha motivação está ao mais alto nível porque é a Champions League, jogamos contra o Real Madrid e queremos ir para a próxima fase. Não tem nada a ver com 2018. Você pergunta sobre vingança para 2018 ou vingança por nossa não tão boa temporada da Premier League? 'Não estamos em uma viagem de vingança aqui. A vida é assim. Você tenta de tudo para ganhar um jogo. Você o perde. Você encontra o oponente novamente um dia. Às vezes é perto o suficiente, como uma ou duas semanas depois. Então você pode ter esse tipo de emoções em você. Estamos no fluxo e temos que manter contato. '

l

Sobre a solidez na defesa no duelo com o Arsenal: "Ajuda imenso quando a defesa tem muito tempo de trabalho junta. Frente ao Arsenal o quarteto defensivo esteve bem e amanhã enfrentará um teste complicado à sua solidez. Um adversário deste calibre exige organização defensiva e temos de mostrar que estamos no caminho certo".

Sobre se a equipe está preparada para o confroto e o favoritismo dos espanhóis: "A nossa equipe é feita para este tipo de jogo. Vamos enfrentar uma equipe que gosta de praticar futebol, e indiretamente isso acaba por nos ser benéfico e por isso é que temos boas hipóteses de aproveitar. Todos dizem que o Real Madrid é favorito, e não tenho qualquer problema com isso".

"Amanhã vamos ter de correr atrás do Real Madrid, que está num bom momento de forma. É muito experiente, e se há clube que sabe o que é preciso para ganhar a Champions League, esse clube é o Real Madrid".