O Liverpool completou as contratações dos zagueiros Stefan Bajcetic e do lateral-esquerdo Calum Scanlon para ingressar na academia, horas antes das novas regras do Brexit entrarem em vigor.

A partir de 1º de janeiro, quando o Reino Unido sairá oficialmente da UE, os clubes da Inglaterra não poderão mais contratar jogadores do exterior com menos de 18 anos.

Haverá também um limite para o número de contratações estrangeiras menores de 21 anos, enquanto os regulamentos de permissão de trabalho se aplicarão a todas as contratações, independentemente da idade - embora a maioria das adições de primeira linha ainda se qualifiquem.

Isso deixou o Liverpool em busca de um acordo com o Celta de Vigo pelo zagueiro-central Bajcetic, de 16 anos, até as horas finais da janela pré-Brexit, após as chegadas dos jovens Melkamu Frauendorf, Mateusz Musialowski, Marcelo Pitaluga e Fabian Mrozek no verão.

Caoimhe O’Neill do Athletic relata que Bajcetic chegou por £ 224.000, com o gerente de identificação de talentos da academia de elite Matt Newberry e o olheiro espanhol Kiko Espinar sendo a chave para finalizar a mudança.

O diretor da academia Alex Inglethorpe e seu assistente Nick Marshall, junto com o técnico dos sub-23, Barry Lewtas, também têm um papel na decisão de Bajcetic de optar pelo Liverpool em vez do Man United.

Enquanto isso, o lateral-esquerdo inglês Scanlon, de 15 anos, também se juntou às categorias de base, depois que os Reds chegaram a um acordo com o Birmingham de £ 500.000.

Resta saber com qual faixa etária a dupla se unirá quando se apresentarem a Kirkby no mês que vem, embora a chegada de Bajcetic possa fazer com que ele se junte a nomes como Jarell Quansah, Terence Miles e Lee Jonas nos zagueiros centrais no nível sub-18 .

Os sub-18 de Marc Bridge-Wilkinson podem contar com James Norris e Luke Chambers como laterais esquerdos regulares, e é mais provável que Scanlon inicialmente se junte aos sub-16 de Jonathan Robinson.