O Liverpool enfrenta o desafio de reformar seu time principal nos próximos anos, com um novo estudo revelando que 11 titulares regulares já passaram da idade máxima para sua posição.

Desde 2018, os integrantes da equipe de recrutamento dos Reds não presidiam um grande afluxo de talentos para o time principal, com Alisson, Fabinho, Naby Keita e Xherdan Shaqiri, todos trazidos naquele verão.

Nas seis janelas de transferência desde então, apenas Takumi Minamino, Adrian, Andy Lonergan, Diogo Jota, Thiago, Kostas Tsimikas, Ben Davies, Ozan Kabak e Ibrahima Konate foram convocados para a equipe titular.

Desde então, Kabek e Lonergan deixaram o clube, enquanto Davies está emprestado pelo Sheffield United e dificilmente retornará para um cargo de longo prazo.

Dos que jogaram 500 ou mais minutos em todas as competições até agora nesta temporada, Tsimikas, Jota e Curtis Jones são os únicos jogadores que não foram regulares durante a temporada de 2018/19.

Não há dúvida de que o time de Klopp envelheceu e, apesar da relativa inatividade no mercado de transferências, uma injeção de jovens é necessária para evoluir.

Em um estudo do The Athletic, considerando uma variedade de tendências nas últimas 10 temporadas da Premier League, as idades máximas para cada posição foram determinadas - com 11 jogadores do Liverpool já ultrapassados.

James Milner (35) é, sem surpresa, o que mais passou de seu pico, com quatro outros meio-campistas - Jordan Henderson (31), Thiago (30), Fabinho (28) e Alex Oxlade-Chamberlain (28) - agrupados com ele.

A dupla de defesa-central Virgil van Dijk (30) e Joel Matip (30) também foram considerados além de seu auge, junto com Andy Robertson (27).

Mas a situação mais preocupante vem com a frente de longa três de Roberto Firmino (30), Mohamed Salah (29) e Sadio Mane (29).

Daqueles atualmente considerados em seu pico, Alisson (29) e Naby Keita (26) estão perto de sair dessa faixa, com Tsimikas (25), Minamino (26) e Divock Origi (26) os únicos outros em idade de pico.

Isso deixa apenas nove regulares do time ainda para atingir sua idade máxima: Jota (24), Jones (20), Konate (22), Trent Alexander-Arnold (22), Joe Gomez (24), Nat Phillips (24), Harvey Elliott (18), Neco Williams (20) e Caoimhin Kelleher (22).

Três desses nove são zagueiros e dois são laterais-direitos, o que destaca ainda mais o problema que o Liverpool pode enfrentar no futuro em termos de profundidade.

No entanto, nomes como Tyler Morton, Conor Bradley e Kaide Gordon não estão incluídos no estudo, havendo evidências de uma transição em andamento nas fileiras jovens dos Reds.

O 'pico' dos jogadores não está claramente definido, é claro, e há uma série de exemplos no futebol europeu de pessoas que estão desafiando a idade para continuar tendo um desempenho de alto nível.

Salah parece ser o mais provável dos integrantes do time principal do Liverpool a imitar jogadores como Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Zlatan Ibrahimovic.

Mas, sem dúvida, há uma necessidade de revitalizar o grupo envelhecido de Klopp antes que seja tarde demais, com esta safra atual de jogadores em grande parte autorizados a envelhecer juntos sem uma mudança constante no pessoal.