Dois gols em dois minutos no segundo tempo garantiram a classificação do Liverpoo na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Os campeões europeus estão em segurança rumo a fase eliminatória desta temporada como vencedores do grupo. Este foi um desempenho altamente impressionante contra um time perigoso. Nady Keïta e Mohamed Salah marcaram belos gols, e o Liverpool poderia ter vários outros, apesar de também precisarem de Alisson e Van Dijk para estar em sua melhor forma.

De alguma forma, o bom jogo permaneceu sem gols até o intervalo, já que poderia facilmente ter ido a um 2-2 ou 3-3. Ambos os lados tentaram o ataque, em um confronto prazeroso de se assistir. Com o Napoli marcando tão cedo, o duelo tornou-se ainda mais tenso. No minuto inicial, Virgil Van Dijk salvou o Liverpool duas vezes, negando primeiro Haaland e depois o Hee-Chan Hwang, além de Alisson na sequência. Fato é que poderia ter havido mais gols em diversos ocasiões. Mas, o Liverpool venceu e, no final, foi impressionante. E um pouco louco.

O placar de 2 a 0 também significou que este foi o primeiro jogo da Liga dos Campeões em que o atacante adolescente do Salzburgo, Erling Braut Haaland, não conseguiu marcar, apesar de ter chances. Haaland acabou sendo substituído, para sua frustração, enquanto Salah alcançou uma incrível marca de gols, com apenas Lionel Messi envolvido em mais gols na Liga dos Campeões do que ele - 28 a 27.

O Liverpool poderia ser eliminado se perdesse, mas fez sua parte e terminou em primeiro, com 11 pontos. O Napoli, que só dependia dele, goleou o Genk por 4 a 0, terminou com nove. O Salzburg vai para a Liga Europa com o terceiro lugar (sete pontos).

GOLS

Keita 57′ (assist: Mane)
Salah 59′ (assist: Henderson)

SALZBURG 0X2 LIVERPOOL

Salzburg: Stankovic; Kristensen, Onguene, Wober, Ulmer; Mwepu, Junuzovic (Daka 68′), Szoboszlai, Minamino; Hwang, Haaland (Okugawa 76′)

Liverpool: Alisson, Alexander-Arnold, Lovren (Gomez 53′), Van Dijk, Robertson; Henderson, Wijnaldum, Keita (Origi 87′); Salah, Mane, Firmino (Milner 75′)