O Liverpool se esforçou para tornar a noite mais difícil para eles mesmos, mas somou sua 20ª vitória da temporada da Premier League, por 1 a 0, sobre o Tottenham. Mesmo aapós boas oportunidades do time londrino, os comandados de klopp alcançaram a maior pontuação da história das top-5 ligas da Europa com 21 jogos, enquanto a diferença para o vice-líder Leicester chega a 16 pontos.

O Liverpool voltou a ter força total neste sábado (11), pela 22° rodada, com Oxlade-Chamberlain, o 11º homem, complementando uma formação familiar, e com o Spurs esperando os campeões do mundo atacarem incansavelmente. E com gol de Firmino na primeira etapa,  os Vermelhos chegam a 38 jogos seguidos invictos, o equivalente a uma temporada completa.

Essa é uma grande vitória para o Liverpool. Correção: essa é outra grande vitória para o Liverpool. Eles ampliam a liderança no topo da tabela e  têm 17 pontos de vantagem sobre o terceiro colocado Manchester City, depois de jogar o mesmo número de jogos. Os atuais campeões enfrentam o Aston Villa amanhã e podem ultrapassar o Leicester, reduzindo a vantagem do Liverpool para 14, caso vença.

Na próxima rodada, o Liverpool vai enfrentar o único time que conseguiu tirar pontos da equipe na atual edição do campeonato: o Manchester United. O clássico será disputado em Anfield, no dia 19 de janeiro. 

JOGO

Levou pouco mais de 60 segundos para o Liverpool criar a primeira grande oportunidade da partida. Firmino deu um drible espetacular em Eriksen e só não abriu o placar porque a zaga do Tottenham salvou em cima da linha. No rebote, Chamberlain carimbou a trave.


Aos 37 minutos, Firmino anotou o gol que garantiu o triunfo do Liverpool. O brasileiro recebeu passe de Salah, deu um belo drible de corpo no marcador e bateu forte para estufar a rede.

Na comemoração, o centroavante tapou o olho com uma das mãos. O gesto é uma referência ao jogo contra o Tottenham, no dia 15 de setembro, quando ele levou uma dedada do belga Vertonghen no olho.

Não foi por falta de oportunidades que o Tottenham saiu derrotado neste sábado. Após domínio do Liverpool no primeiro tempo, os Spurs reagiram no segundo tempo e criaram pelo menos duas chances claras para marcar. A melhor delas aconteceu aos 37 minutos, quando Lo Celso se atirou para completar cruzamento da esquerda e mandou para fora. O lance deixou o técnico José Mourinho enlouquecido na beira do gramado.

GOLS

Firmino 37′ (assist – Salah)

TOTTENHAM 0X1 LIVERPOOL

Tottenham: Gazzaniga; Tanganga, Alderweireld, Sanchez; Aurier, Alli, Winks, Eriksen (Lo Celso 69′), Rose (Lamela 69′); Lucas, Son

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Gomez, Van Dijk, Robertson; Henderson, Wijnaldum, Oxlade-Chamberlain (Lallana 61′); Salah (Shaqiri 90+1′), Mane (Origi 81′), Firmino