Houve um pouco de drama após a vitória do Liverpool sobre o Atlético de Madrid, quando o técnico Diego Simeone correu pelo túnel. Isso significa que ele não apertou a mão de Klopp, cena que foi filmada e levou a algumas perguntas após o jogo.

No entanto, essa é uma prática comum para Simeone, que muitas vezes não aperta as mãos dos treinadores adversários depois dos jogos. Na vitória do Atleti sobre o Barcelona no início deste mês, o argentino fez a mesma coisa. Ele correu pelo túnel sem apertar a mão de Koeman.

Ele reiterou a sua postura na conferência de imprensa pós-jogo, explicando: “Nem sempre saúdo (o outro treinador) depois do jogo porque não gosto.

"Não é saudável nem para o vencedor nem para o perdedor. Penso assim. Mas agora, quando o vir, vou cumprimentá-lo sem problemas."

Isso claramente não é um grande problema para nenhum dos treinadores, com Klopp criticando um repórter por sugerir que ele estava com raiva depois do jogo.