O Liverpool alcançou as oitavas de final da Liga dos Campeões com uma vitória confortável sobre o Atlético de Madrid, com 10 jogadores, que garantiu a primeira colocação do Grupo B.

Os primeiros gols de Diogo Jota e Sadio Mane, ambos criados por Trent Alexander-Arnold, colocaram os Reds no comando e não houve caminho de volta para os espanhóis, pois Felipe foi expulso antes do intervalo.
 
A equipe de Jurgen Klopp devia ter castigado mais depois do intervalo, mas perdeu muitas oportunidades enquanto Jota viu outro gol anulado por impedimento pelo árbitro assistente de vídeo.
 
O Atlético achou que havia recuperado de um chute desviado do ex-atacante do Reds Luis Suarez, mas isso também foi considerado impedimento pelo VAR e eles nunca ameaçaram seriamente uma reviravolta.
 
A vitória estende o início de invencibilidade do Liverpool para a temporada de 16 jogos e, no total, não há derrota há 25 partidas, desde 6 de abril, quando perdeu para o Real Madrid nas quartas-de-final da Liga dos Campeões da temporada passada.

FICHA

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold (Phillips 90+4′), Matip, Van Dijk, Tsimikas; Fabinho (Thiago 60′), Henderson, Oxlade-Chamberlain (Minamino 78′); Salah, Mane (Firmino 46′, Origi 78′), Jota

Atletico Madrid: Oblak; Trippier, Felipe, Gimenez, Hermoso; Correa (Serrano 75′), De Paul, Koke (Cunha 69′), Carrasco (Vrsaljko 69′); Suarez (Herrera 59′), Joao Felix (Lodi 59′)

GOLS

Jota 13’ (assist – Alexander-Arnold) Mane 21’ (assist – Alexander-Arnold)