O Liverpool teme ficar sem Mohamed Salah e Sadio Mane por oito jogos no novo ano, de acordo com um relatório.

A dupla de ataque, junto com Naby Keita, deve representar seus respectivos países na Copa das Nações da África, que acontece de 9 de janeiro a 6 de fevereiro.

As regras da FIFA estabelecem que "os jogadores devem ser liberados e viajar para sua equipe representativa o mais tardar na manhã de segunda-feira da semana anterior à semana em que a competição final relevante começa", o que significa que os Reds e outras equipes da Premier League perderiam seus jogadores africanos em 27 de dezembro.

Dependendo de quão longe eles progridam no torneio, isso significa que Salah e Mane estariam indisponíveis por pelo menos três jogos da Premier League, incluindo a viagem para o Chelsea, bem como a terceira rodada da FA Cup e as semifinais da EFL Cup se o Liverpool chegar esse estágio.

No entanto, de acordo com o The Athletic, as negociações acontecerão entre os clubes e as federações nacionais para permitir que os jogadores da Premier League se alistem uma semana depois, em 3 de janeiro - um dia após o Liverpool enfrentar o Chelsea.

O problema não afeta outras ligas europeias, que estarão em suas férias de inverno no período de ano novo.

O Egito de Salah está no Grupo D da AFCON junto com a Nigéria, Sudão e Guiné-Bissau, enquanto o Senegal de Mane enfrenta o Zimbábue, Guiné e Malaui no Grupo B.