Texto por Colaborador: Redação 19/12/2022 - 00:01

Qualquer clube que libere um jogador para disputar a Copa do Mundo deve ser indenizado. A Fifa pagará aproximadamente US$ 10.000 por cada dia que cada jogador passar no Catar.

Essas compensações são divididas em terços, no entanto. Um terço é pago ao clube onde o jogador esteve inscrito em 2020-21, outro para os de 2021-22 e o restante ao clube atual. Isso é para garantir que os ex-clubes sejam recompensados.

O Athletic fez alguns cálculos para estabelecer quanto cada clube da Premier League será compensado.

Apesar de ter apenas sete jogadores na Copa do Mundo, o Liverpool deve receber US$ 1,8 milhão.

Isso graças a Trent Alexander-Arnold, Jordan Henderson, Alisson, Fabinho e Virgil van Dijk, todos chegando às quartas de final. O Liverpool receberá US$ 280 mil por cada um.

Ibrahima Konate trará apenas $ 240.000, apesar da França ter chegado à final. Isso porque ele só se juntou ao Liverpool em 2021.

Darwin Nunez, que só chegou a Anfield este ano e saiu da Copa do Mundo na fase de grupos, rendeu ao clube apenas $ 60.000.

Por outro lado, Takumi Minamino, Xherdan Shaqiri e Neco Williams trouxeram algum dinheiro para o Liverpool, apesar de terem deixado o clube mais cedo.

Tottenham ($ 2,4 milhões), Manchester United ($ 2,65 milhões), Chelsea ($ 2,86 milhões) e Manchester City ($ 4 milhões) são os únicos times a receber um pagamento maior da Fifa.

Categorias

Ver todas categorias

Mesmo com temporada instável, você ainda confia integralmente em Klopp?

Não

Votar

Sim

Votar

735 pessoas já votaram