Texto por Colaborador: Redação 09/04/2024 - 15:44

As últimas notícias em Portugal dão conta de que os representantes de Rúben Amorim vão reunir-se com o Liverpool na terça-feira sobre um possível contrato de três anos com o treinador. Com Amorim posicionado como o favorito para assumir o lugar de Jurgen Klopp no final da temporada, as coisas agora parecem estar caminhando a passos largos.

O Liverpool já pretendia esta semana chegar a acordo para que o profissional de 39 anos assumisse o cargo após a conclusão de uma campanha que poderia levar o Sporting a conquistar a dobradinha.

O jornal Correio da Manhã avança agora que o clube vai reunir-se com o agente de Amorim, Raul Costa, na terça-feira para "esboçar os termos de um acordo".

Isto depois de conversas iniciais entre as duas partes, com o próprio português – pelo menos publicamente – a focar-se inteiramente na pressão pela Primeira Liga e pela Taça de Portugal.

O jornalista Pedro Sepúlveda acrescentou esta segunda-feira que o Liverpool vai oferecer a Amorim um contrato de três anos, o que parece agora ter sido corroborado pelo alemão Florian Plettenberg, da Sky.

Com Amorim também sendo candidato ao cargo no Bayern de Munique, Plettenberg afirma que deveria optar por uma mudança para Anfield. Afirma mesmo que há um "acordo verbal de princípio" e que o ex-jogador do Benfica "quer aderir", embora "ainda não seja um negócio feito".

Isso vem com um pacote de compensação ainda a ser fechado com o Sporting, com o Correio de Manha acrescentando que seria preciso "convencer" o clube lisboeta a permitir a saída do seu treinador. No entanto, isso não deve ser um problema, especialmente porque há uma cláusula de liberação no contrato de Amorim.

Várias taxas foram relatadas quando se trata da cláusula, com o consenso agora sendo que ela está em € 20 milhões (R£ 17,16 milhões) para clubes fora de Portugal. Mas também foi alegado que um acordo de cavalheiros entre Amorim e Sporting permitiria que ele se juntasse a um clube de elite, como o Liverpool, por 10 milhões de euros (R£ 8,58 milhões).

Fontes em Merseyside insistiram que a situação não está tão longe quanto se afirma em Portugal, com o clube provavelmente mantendo o conselho quando se trata de negociações sobre o sucessor de Klopp.

Todos os sinais apontam para que Amorim se torne o próximo treinador do Liverpool, com a terça-feira a ser um dia potencialmente decisivo. (Via thisisanfield)